"Não escolhemos vir ao mundo, mas temos o direito de escolher onde viver a eternidade."
9
dez2009

Oferta Viva

“Minha maior prova de total entrega é que meus filhos não foram educados para receber herança nem servirem a si mesmos”

Eu viajo pelo mundo afora, mas não conheço quase nada a não ser a natureza do lugar que me apaixona toda vez. Meu hobby é tirar fotos e guardá-las no meu computador, que, por sinal, está sempre me dando problemas de memória.

Sou apaixonado pela minha esposa e não fico sem ela nem um minuto. A Ester não precisa de uma maquiagem forte, muito menos de plástica. Ela só precisa colocar o cabelo para trás e eu a acho linda! Meus filhos são o fruto do nosso amor. Tenho prazer em estar com eles, mas eles sabem que não têm herança financeira.

Eu não tenho nada e muito menos eles. Tudo que eu uso é da Igreja, e isso digo com todo prazer em meu coração. Faço o que faço para Deus, não para mim nem para minha família. Meus filhos sabem que se não usarem a fé, estarão perdidos!

Quando casei as minhas filhas, ainda bem jovens e muito inexperientes, o fiz pela fé, pois sabia que, ao casá-las com homens de Deus, tudo daria certo. Meus genros viraram filhos próprios.

Praticamente moro num avião. A Ester já consegue fazer uma mala em poucos minutos. Quando estamos quase acostumando com a diferença de horário, viajamos de novo, e a idade, nessas horas, se mostra presente.

Vibro em estar com os meus colegas na fé. Eles são mais irmãos do que outra coisa. Temos a mesma fé, o mesmo objetivo e o mesmo ideal. Somos todos iguais, participamos das mesmas alegrias e tristezas porque somos um no Senhor. Eles sabem que sou um homem como qualquer outro e, mesmo assim, me respeitam. Eles me respeitam porque veem a ação do Espírito Santo em mim.  Somos simples, somos o que somos, gostamos de ficar à vontade, de vestir roupas confortáveis sem preocupação com grifes.

Pulo como uma criança quando recebo uma revelação de Deus e não consigo guardar nem por 5 minutos. Ligo para todos e passo em frente. Eu não guardo nada na manga. O que Deus me deu, eu tenho passado e o que Ele me der, vou continuar passando para todos.

Somos idealistas. A única coisa que pedi a Deus foi ganhar almas para o meu Senhor. No mais, quem acreditar, amém! E quem não acreditar... E daí? Não dou a mínima para quem não acredita.

Minha maior prova de total entrega é que meus filhos não foram educados para receber herança nem servirem a si mesmos. Não os criei para a minha glória, mas para a dAquele que me chamou.

Nossas vidas são constantes ofertas vivas no Altar de Deus.

Deus abençoe aos que creem!

8
dez2009

Quem você vê no espelho?


“O que vemos no espelho é o resultado de decisões que fizemos ao longo da nossa vida”

Olhe no espelho e me diga o que você vê. Se você gosta do que vê, então, pode parar de ler a postagem de hoje. Não é relevante para você. Mas, se você está demorando para concluir quem você é realmente; se você está meio decepcionado com essa pessoa que está olhando para você no espelho, então, isso significa que você precisa de uma reforma espiritual e eu personalizei essa mensagem especialmente para você.

O que vemos no espelho é o resultado de decisões que fizemos ao longo da nossa vida. Decisões feitas quando damos menos do que é esperado de nós. Decisões sobre o tipo de oferta que temos sido.

Somos o resultado de nossas ofertas. Eu não me refiro apenas a ofertas financeiras – essas são as mais fáceis e qualquer um pode dar. Sua vida, seu tempo, sua dedicação, seus sacrifícios, seus esforços, e seu amor são ofertas também.

Quantas vezes você se encontrou em uma situação em que poderia ter feito algo mais, mas você simplesmente decidiu não fazer; você decidiu apenas fazer o mínimo esperado? Essa sua oferta disfarçada foi provavelmente rejeitada.

Talvez você tenha dado muitas ofertas que disseram: "Eu não me importo com o que o Senhor pensa", sem nem sequer perceber isso. Ofertas como essas são comparadas a de Caim – rejeitadas. O pior de tudo é que trazem consequências duradouras.

Se você quer mudar a pessoa que você vê no espelho, mude o tipo de oferta que você dá – o tipo de oferta que você é. Você é um resultado de suas ofertas.

Cristiane Cardoso
www.cristianecardoso.com

11
out2009

Real Sentido da Oferta

Em viagem missionária à Portugal no dia 04 de outubro, expliquei sobre o significado e a importância da Santa Ceia e da oferta.

Assista:

2
nov2008

Oferta não é dinheiro

Muitos me chamam de ladrão por causa dessa questão. Eles confundem oferta com dinheiro e acham que Deus é quem tem que dar. Aliás, o ser humano é assim. Sempre procura uma promoção, coisas grátis, e uma maneira de não ter que pagar o preço.

Mas por que relacionar pedidos de oração com ofertas? Se a oferta é espontânea, por que tenho de sacrificar para garantir a resposta de Deus?

É verdade que os favores de Deus não são adquiridos com dinheiro. Mas com a fé!… Só através da fé é possível relacionar-se com Ele e adquirir Seus benefícios.

É verdade também que a oferta não é dinheiro e dinheiro não é oferta. Oferta é a expressão da fé. Pense bem nisso. Leia de novo se você ainda não conseguiu entender: Oferta é a expressão da fé.

Assim como o verdadeiro amor une as pessoas através da entrega no altar, também no mesmo altar a verdadeira fé requer oferta. Como se sabe do amor de alguém se não há dedicação, entrega e sacrifício por ele?

Que tipo de amor seria esse sem o seu devido custo voluntário?

Por isso, o Senhor ensina dar para então receber.

Ninguém contrata serviços de um médico, por exemplo, sem manifestar fé na sua competência. E a consulta que se paga reflete a confiança. Quando você dá a sua oferta, você está fazendo o mesmo: confiando em Deus, usando a sua fé.

Não há fé sem oferta, assim como não há oferta sem fé.

Imediatamente após ter curado o leproso Jesus o enviou ao sacerdote para fazer a oferta determinada pela Lei. A oferta tinha o objetivo de servir como testemunho ao povo.(Mat.8.4 - Mr. 1.44 - Lc. 5.14)

Interessante não? Mas aqueles que têm seus corações no dinheiro não querem entender isso, pelo contrário, criticam aqueles que são da fé como se fossem donos da verdade.

Mas isso não importa, o que importa é que se entenda o verdadeiro significado da oferta, para que haja o desfrutar das bênçãos abundantes da fé.

Deus abençoe a todos abundantemente!

26
out2008

Porque desviei da fé

Desviei porque soube que o pastor roubou dinheiro da oferta…

Desviei porque Deus não me respondeu…

Desviei porque minha vida estava muito restrita…

Desviei porque arranjei um namorado incrédulo…

Desviei porque caí em tentação…

O único motivo que afasta a pessoa da fé é o pecado. Poucos sabem que o pecado é um espírito e que o  pecador é escravo dele, ensina o Senhor. Quando alguém aceita Jesus como Salvador mas não se mantém salvo é porque nunca foi liberto. Talvez a palavra forte do pastor a fez aceitar Jesus, mas o problema é que ela não entregou a sua vida para Ele!

Esse é um dos grandes problemas na igreja denominacional. Não na Igreja cujo Cabeça é o Senhor Jesus!

As pessoas se convencem, mas não se convertem. Daí o fato de tantos crentes desviados…Eles apresentam uma série de razões para saírem fora da fé. Mas a verdadeira razão é que NUNCA foram livres! Congregavam nas igrejas, mas continuavam escravos… Como o Senhor diz que o escravo não fica sempre na casa… Eles acabam saindo.

Em compensação, os verdadeiros filhos permanecem firmes e fortes na fé.

"O escravo não fica sempre na casa; o filho, sim, para sempre." ( João 8.35 )

Quem é filho, cuida para não se envolver com o escravo a fim de não colocar em risco a sua fé.

Palavra Amiga
Idiomas
Nada a Perder 3
Pesquise outros posts
Clique em curtir e seja um Fã no Facebook
Assine nossa newsletter!
Cadastre-se e receba diariamente todas as novidades do blog:
* obrigatório
Universal.org
Siga-me no Twitter
Canais Oficiais
Ganhe almas! Divulgue no seu site
 
O pão nosso para 365 dias
arcacenter.com.br
Últimos Comentários
www.bispomacedo.com.br - © Copyright 2014 - Blog do Bispo Edir Macedo