"Não escolhemos vir ao mundo, mas temos o direito de escolher onde viver a eternidade."
23
mar2013

O Monte Hermom

Oh! Como é bom e agradável viverem unidos os irmãos!

É como o óleo precioso sobre a cabeça, o qual desce para a barba, a barba de Arão, e desce para a gola de suas vestes.

É como o orvalho do Hermom, que desce sobre os montes de Sião. Ali, ordena o SENHOR a sua bênção e a vida para sempreSalmo 133

O que tem esse Salmo de pequeno tem de significativo, precioso e poderoso.

À primeira vista fala de paz entre os irmãos.

Oh! Como é bom e agradável viverem unidos os irmãos!

Esses irmãos são os filhos de Deus.

É certo que há conflitos entre os filhos da carne, os filhos de pais diferentes, os filhos das diferentes denominações evangélicas, os filhos da religião, enfim, entre os filhos do mundo.

Mas, nunca há conflitos entre os verdadeiros filhos de Deus.

Sabe por quê?

Porque todos eles foram gerados pelo Espírito de Deus e têm o Mesmo Espírito.

Como é bom e agradável viverem unidos os irmãos!

Isso só é possível tendo Um só Espírito.

É impossível terem mau caráter, serem invejosos, egoístas, cruéis, avarentos, carnais, ou coisa parecida.

Antes, todos eles têm a imagem e semelhança do Altíssimo; possuem o Seu DNA. São filhos do Mesmo Pai.

Por isso são considerados raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes dAquele que vos chamou das trevas para a Sua maravilhosa luz… I Pedro 2.9

Como a raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus proclamaria as virtudes do Senhor Jesus se fossem brigões, invejosos, egoístas, cruéis, avarentos, caluniadores, difamadores, mentirosos e carnais?

Impossível! Não é inteligente, nem faz sentido, não é mesmo?

Os filhos de Deus vivem em perfeita paz e harmonia.

São como o óleo precioso sobre a cabeça, o qual desce para a barba, a barba de Arão, e desce para a gola de suas vestes.

São como o orvalho do Hermom, que desce sobre os montes de Sião. Ali, ordena o SENHOR a sua bênção e a vida para sempre.

O Monte Hermom figura como o Senhor Jesus Cristo e Sua Igreja.

O Óleo precioso sobre a cabeça é o Espírito Santo sobre o Cabeça da Igreja – Jesus.

Arão representa o Senhor Jesus Cristo, o Sumo Sacerdote da Nova Aliança Hebreus 9.11-15.

O óleo que escorre pela barba e desce para a gola de Suas vestes significa a unção do Senhor Jesus que é derramado para a Sua Igreja: os filhos que Ele gerou pelo Seu Espírito.

O Orvalho do Hermom simboliza as águas que regam os Montes de Sião, ou seja, o Novo Israel.

Do ponto de vista físico, no Monte Hermom há três nascentes de águas que formam o Rio Jordão. Todo o abastecimento de água de Israel depende deste Monte, também chamado de Monte da Consagração.

Do ponto de vista espiritual, a vida eterna dos filhos de Deus depende deste Monte Sagrado; ou seja, a Igreja, na qual as portas do inferno jamais prevalecerão.

Ali o SENHOR ordena, manda, determina, impõe a Sua bênção e a vida para sempre (vida eterna).

No dia 14 de abril, celebrando o último dia da festa do Jejum de Daniel, na unção e na autoridade do Senhor Jesus Cristo, estaremos do pico do Monte Hermom, o Monte da Transfiguração, estendendo as mãos e determinando a bênção e a vida, para sempre, para todo o povo da IURD e os demais que creem.

Sejam abençoados os que creem!


Palavra Amiga
Idiomas
Nada a Perder 3
Pesquise outros posts
Clique em curtir e seja um Fã no Facebook
Assine nossa newsletter!
Cadastre-se e receba diariamente todas as novidades do blog:
* obrigatório
Universal.org
Siga-me no Twitter
Canais Oficiais
Ganhe almas! Divulgue no seu site
 
O pão nosso para 365 dias
arcacenter.com.br
Últimos Comentários
www.bispomacedo.com.br - © Copyright 2014 - Blog do Bispo Edir Macedo