"Não escolhemos vir ao mundo, mas temos o direito de escolher onde viver a eternidade."
15
fev2012

Sintomas do joio e frutos do trigo

Com o passar dos 34 anos, a igreja cresceu de uma forma gloriosa, e todos nós, que acompanhamos esse trabalho, temos vivido essa alegria e satisfação de ver os celeiros de Deus cheios de frutos das sementes que foram plantadas com muito sacrifício e dor.

No entanto, com o passar dos anos, além do trigo cresceu o joio. Observamos que a Igreja Universal segue os passos do Senhor Jesus em todos os sentidos: nas vitórias, nas maravilhas, nas perseguições, nas tribulações, nos verdadeiros e nos falsos seguidores de Jesus.

O trigo e o joio sempre estiveram presentes entre aqueles que se dizem de Deus. Mas como identificá-los, se são tão parecidos? Em um campo que se estende por todo o mundo, no qual encontramos frequentadores, membros, obreiros, pastores e bispos, quem é quem?

Sintomas do Joio

1- Uma das características mais comuns do joio é a hipocrisia, ele não é verdadeiro, não é autêntico, as palavras que saem de sua boca não correspondem ao que está no coração.

“Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas, por dentro, estais cheios de hipocrisia e iniquidade.” Mateus 23.28

2- Humildade: esta palavra não existe no dicionário do joio. Observe que, se você segurar em uma das mãos, o joio é ereto, porque não há fruto dentro dele que pese e o faça curvar-se. O joio sempre se considera melhor do que os outros, nada do que os outros façam tem valor. O joio tem olhar altivo, ou seja, está sempre olhando os outros de cima para baixo, o orgulho lhe é peculiar, veja a situação do fariseu e do publicano, Lucas 18.9-14.

3- É muito comum o joio fazer de tudo para prejudicar o trigo, a ponto de torturá-lo com calúnias e difamações, tentando destruí-lo, mas sempre de uma forma sorrateira e camuflada, mostrando-se sereno por fora, porém venenoso por dentro. A exemplo de Judas, que durante três anos conviveu com Jesus e os discípulos, e nenhum deles, exceto o nosso Senhor, é claro, percebeu sua verdadeira identidade de traidor e hipócrita.

Frutos do Trigo

1- Já o trigo tem como característica marcante sua autenticidade. Ele é verdadeiro, sincero, de uma só palavra, "sim sim, não não", sua vida é um livro aberto, pois ele é transparente em tudo. Afinal, o Espírito de Deus é quem habita nele, sua luz brilha de tal modo diante dos homens, que glorifica o Pai celestial em suas atitudes e até ilumina quem está ao seu redor. Mateus 5.14-16

2- Os frutos do trigo fazem a diferença entre ele e o joio, e com o peso desses frutos, o trigo acaba se curvando. Observe, quanto mais frutos do Espírito Santo no trigo, mais ele reconhece a grandeza de Deus em sua vida, diminuindo-se a cada dia, ele se enxerga como um bisturi nas mãos de um cirurgião.

Veja que numa cirurgia bem-sucedida, o paciente sempre dirige seus elogios ao médico-cirurgião e nunca ao bisturi, ou à pinça, ou à tesoura que ele usou, não é verdade? Então, o trigo reconhece que precisa estar sempre bem afiado e esterilizado para ser usado pelo seu Criador.

3- A exemplo do Senhor Jesus, o trigo foi, é e sempre será perseguido, seja por aqueles que estão fora ou dentro, pois, ele segue firmemente as pegadas do seu Senhor, o qual já havia previsto isso em João 15.18-21. Voltando a falar do joio, ele se morde de inveja ao ver os frutos do trigo enchendo os celeiros do reino do nosso Deus, e aí se torna um aliado do diabo para perseguir e tentar prejudicar o trigo.

Você é trigo ou é joio? Quem o plantou no campo da fé? Pense nisto.

Deus abençoe a todos.
Bispo Sérgio Correa


Palavra Amiga
Idiomas
Nada a Perder 3
Pesquise outros posts
Clique em curtir e seja um Fã no Facebook
Assine nossa newsletter!
Cadastre-se e receba diariamente todas as novidades do blog:
* obrigatório
Universal.org
Siga-me no Twitter
Canais Oficiais
Ganhe almas! Divulgue no seu site
 
O pão nosso para 365 dias
arcacenter.com.br
www.bispomacedo.com.br - © Copyright 2014 - Blog do Bispo Edir Macedo